Foto:

Bárbara Carine Pinheiro

Mãe, mulher negra cis, nordestina, professora, pesquisadora, escritora, empresária, graduada em Química pela UFBA, estudante de filosofia, mestre e doutora em Ensino de Química pela (UFBA/UEFS). Atualmente professora adjunta e vice diretora do instituto de Química da UFBA. Membro permanente do corpo docente do programa de pós-graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS). Líder do grupo de pesquisa Diversidade e Criticidade nas Ciências Naturais (DICCINA). Autora de livros, tais como: "@descolonizando_saberes: mulheres negras na ciência". Idealizadora, sócia e consultora pedagógica da escola Afro-brasileira Maria Felipa (@escolinhamariafelipa). Influenciadora digital nas páginas @descolonizando_saberes (Instagram) e Uma Intelectual Diferentona (YouTube).

Participação na mesa

A escola e a literatura como refúgios

25.3.2021 19:00